Ir direto para menu de acessibilidade.
Portuguese English French Italian Russian Spanish

em Engenharia Química e de Materiais

Publicado: Terça, 04 Junho 2024 20:36 | Acessos: 145

PPGQM - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química e de Materiais

O Programa de Pós-graduação em Engenharia Química e de Materiais iniciou suas atividades em 2024, sendo atualmente o único programa da UFLA na área de Engenharias II.

 

Objetivos
O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química e de Materiais tem como objetivo principal a formação e qualificação de recursos humanos no nível de mestrado, buscando estabelecer a formação de profissionais com ampla base teórica e capacidade de aplicação do conhecimento sobre processos químicos industriais e desenvolvimento de novos materiais para diferentes setores da economia, atuando em atividades de cunhos acadêmico e industrial, de forma que possam aplicar seus conhecimentos voltados para a preservação do meio ambiente e para o bem estar das atividades humanas.

Periodicidade do processo seletivo: Semestral

 

Organização do programa:
O PPGQM é dividido em duas áreas de concentração, com duas linhas de pesquisa em cada uma.

Área de concentração: Engenharia Química
Linhas de pesquisa: Bioprocessos e Bioenergia
Tecnologia e Inovação em Processos Químicos e Agroindustriais

Área de concentração: Ciência e Engenharia de Materiais
Linhas de pesquisas: Ciência e Tecnologia dos Materiais
Materiais para Aplicação Industrial

 

• Engenharia Química
A área de concentração em Engenharia Química trata do estudo, desenvolvimento, otimização e aplicação de processos industriais e dos seus produtos. Além disso, visa o aumento da eficiência energética dos processos, bem como o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias. Com forte embasamento em fenômenos de transporte, termodinâmica, cinética química, cálculo de reatores e métodos matemáticos, as pesquisas contemplam estudos teóricos e experimentais necessários para o dimensionamento, operação e controle das operações unitárias que caracterizam os processos químicos e agroindustriais. Os projetos de pesquisa visam a melhoria da qualidade dos processos e produtos, além da minimização do impacto do setor produtivo sobre o meio ambiente e a sociedade.

1. Bioprocessos e Bioenergia
A linha de pesquisa visa o desenvolvimento de projetos de pesquisa com o emprego de novos produtos e processos que utilizam recursos naturais disponíveis no país, o desenvolvimento de novas fontes energéticas, bem como a aplicação de fontes de energias renováveis com foco na produção de biocombustíveis e produtos químicos de valor agregado empregando tecnologias limpas, bem como o desenvolvimento de processos para solução de problemas ambientais. Além disso, a linha contempla a melhoria da qualidade e produtividade de bioprodutos, por meio dos conhecimentos teórico-práticos dos processos fermentativos, da tecnologia enzimática, das técnicas de separação, extração e purificação de biomoléculas, assim como o domínio das técnicas de instrumentação analítica e de medidas utilizadas em Biotecnologia. Contribui também para o avanço nas tecnologias de tratamento e aproveitamento dos resíduos gerados pela agroindústria e para desenvolvimento de novos bioprodutos que podem ser agregados aos combustíveis fósseis.

2. Tecnologia e Inovação em Processos Químicos e Agroindustriais
Esta linha de pesquisa visa desenvolver novas tecnologias, bem como aplicar aquelas já existentes, na proposição, análise e otimização de processos químicos e agroindustriais. As pesquisas desenvolvidas envolvem estudos termodinâmicos, cinéticos e de transporte para descrever os fenômenos físicos e químicos ocorrentes nos equipamentos presentes em cadeias produtivas industriais, assim como a proposição e verificação de modelos para a descrição destes. Há um enfoque na aplicação de simulação computacional para o desenvolvimento, dimensionamento e otimização das condições operacionais de equipamentos de processo, visando o atendimento das especificações de qualidade, segurança e lucratividade de plantas industriais. Em todos os trabalhos, são enfocados sistemas da indústria química e da agroindústria, sobretudo aqueles envolvendo biomassa, biocombustíveis, óleos vegetais e produtos alimentícios.

 

• Ciência e Engenharia de Materiais
A área de concentração em Ciência e Engenharia de Materiais irá contemplar pesquisas de cunho básico e aplicado em Ciências e Engenharia dos Materiais, com o desenvolvimento e/ou melhoria de produtos e processos para aplicação em escala industrial de materiais cerâmicos, poliméricos, metálicos e compósitos. Os estudos que serão desenvolvidos abordarão toda a parte de síntese, processamento, caracterização e aplicações de materiais, buscando a melhoria dos materiais existentes, bem como desenvolvimento de novos materiais, e a associação com melhorias e criação de processos, visando assim a aplicação de materiais em escala industrial de alto desempenho, com viabilidade econômica e mais sustentáveis.

1. Ciência e Tecnologia de Materiais
Descrição: Essa linha de pesquisa abordará: i) o estudo da estrutura e propriedades térmicas, ópticas, mecânicas, de superfície e degradativas de materiais das diferentes classes: metais, cerâmicos, polímeros, compósitos e avançados; ii) síntese, processamento e modificação de estrutura e propriedades de materiais das diferentes classes de materiais; iii) Desenvolvimento de processos tecnológicos para otimização de propriedades de materiais; e iv) caracterização de estrutura e propriedades térmicas, ópticas, mecânicas, de superfície e degradativas de materiais das diferentes classes.

2. Materiais para Aplicação Industrial
Descrição: Essa linha de pesquisa abordará: i) Obtenção de novos produtos e patentes; ii) Otimização de processos tecnológicos industriais; iii) Pesquisas voltadas para melhoria de produtos e processos de materiais cerâmicos, Poliméricos, Metálicos e Compósitos; iv) Pesquisas voltadas para setores/áreas como siderurgia, metalurgia, construção civil, indústria do petróleo, indústria mecânica, indústria cerâmica, indústria química, transformação de termoplásticos, reciclagem, sensores, tecnologia de borrachas, nanotecnologia, biomateriais aplicados ao corpo humano e animais, materiais biodegradáveis, cerâmicas eletrônicas, reciclagem de materiais, materiais para energia e meio ambiente, materiais inteligentes, materiais sustentáveis, vidros e vitro-cerâmicas, compósitos aeroespaciais, ligas metálicas especiais de nióbio, terras raras, aplicações militares, indústria automotiva, entres outras e v) Transferência de tecnologia.

 

Coordenador: prof. Rafael Farinassi Mendes (PORTARIA REITORIA Nº 666, DE 25 DE AGOSTO DE 2023)

Coord. Adjunto: prof. Tiago Jose Pires de Oliveira

 

• Composição do colegiado: aqui.

 

Clique aqui para acessar o site do programa.